Esta semana ficámos a saber que a atribuição de Vistos Gold em Portugal aumentou 500% em maio face ao mês anterior, fazendo dele um dos “melhores” de sempre desde o lançamento do programa, em 2012.

Esta “explosão” merece a nossa reprovação, porque as autoridades responsáveis não têm os meios para controlar a origem do dinheiro e dos candidatos, colocando em risco as seguranças nacional e europeia. É pois urgente pôr um fim a este regime, antes que seja a próxima crise a rebentar.

Ainda por cá, ficámos a saber, ao final da tarde de quinta-feira, que sempre iria haver uma nacionalização em Portugal, mas não na TAP. O Governo comprou os 71,3% de Isabel dos Santos na Efacec, empresa que estava em apuros desde o início do ano, quando eclodiu o escândalo dos Luanda Leaks.

Depois de, nas últimas semanas, termos apresentado o APROFORT a quem dele vai beneficiar e às demais partes interessadas, a página oficial do projeto já está online, onde vai ser possível encontrar todas as informações sobre a ação que vamos implementar na Guiné Equatorial.

Na rede Transparency International defendemos uma participação cívica mais ativa na resolução dos problemas que os governos e instituições enfrentam no dia-a-dia, algo que não muda de figura, muito pelo contrário, com os desafios e oportunidades do mundo pós-pandemia.

A partir desta semana, o Integrity Watch aumenta o escrutínio do trabalho dos eurodeputados, ao permitir um acompanhamento das reuniões no Parlamento Europeu com lóbistas. A ferramenta da Transparency International permite separar as reuniões por grupo político, país e comité, contém todas as reuniões publicadas entre julho de 2019 e 19 de junho de 2020 e será atualizada a cada duas semanas.

 
 
 
Continua saudável, mantendo-te seguro/a, e tem um bom fim-de-semana.

Saudações Transparentes,

A Equipa TI-PT
 
 
Contratação Transparente
 
Vistos Gold: um sprint pela calada
 
O número de Vistos Gold atribuídos por Portugal disparou 500% em maio, tornando-o um dos melhores meses de sempre, desde o início do programa em 2012. Ao todo, foram atribuídos 270 vistos só naquele mês.
 
Lê mais
 
 
Contratação Transparente
 
Transparência e Integridade participa no High-Level Political Forum das Nações Unidas
 
A nossa Diretora Executiva, Karina Carvalho, vai apresentar no High-Level Political Forum das Nações Unidas o trabalho que temos desenvolvido em torno no ODS16 - Paz, Justiça e Instituições Eficazes e, em particular, a ferramenta SDG16 Shadow Report, desenvolvida conjuntamente com os outros capítulos da TI e ONG parceiras espalhadas pelo mundo.
 
Ler mais
 
Notícias de dentro
 
 
Banco de Portugal não é uma “porta giratória”, é uma “plataforma”
 
Na sua tese de doutoramento em Ciência Política, Susana Coroado, investigadora e vice-presidente da Transparência e Integridade, argumenta que o sistema financeiro é o que evidencia mais riscos de "captura" por parte de interesses privados, de entre todos os setores regulados.
 
Ler mais
 
 
 
Marcelo promulga nacionalização da Efacec
 
Marcelo Rebelo de Sousa promulgou na quinta-feira o decreto-lei que possibilita a nacionalização da Efacec. O Governo decidiu comprar a posição de 71,3% que Isabel dos Santos tem na empresa.
 
Ler mais
 
 
 
Site do APROFORT já está online
 
Já está online o site do APROFORT, o projeto que estamos a desenvolver no "Apoio, Proteção e Fortalecimento de Ativistas e Organizações da Sociedade Civil na defesa dos Direitos Humanos na Guiné Equatorial".
 
Visitar website
 
Notícias de fora
 
 
Maltese MP voted out by party amid turmoil over Panama Papers’ ties
 
O antigo vice-primeiro-ministro de Malta, Konrad Mizzi, foi expulso do seu partido na semana passada devido ao seu envolvimento com o escândalo dos Panama Papers. A investigação do ICIJ descobriu, em 2016, que Mizzi integrou várias empresas fantasma pouco depois de ter assumido o cargo. A expulsão do partido surgiu depois de ter recusado demitir-se.
 
Ler mais
 
 
 
Civil society in the post-pandemic world: Four ways global financial institutions can work more effectively with civil society after COVID-19
 
Na rede Transparency International defendemos uma participação cívica mais ativa na resolução dos problemas que os governos e instituições enfrentam no dia-a-dia, algo que não muda de figura, muito pelo contrário, com os desafios e oportunidades do mundo pós-pandemia.
 
Ler mais
 
 
 
Transparency International lança uma nova atualização do EU's Integrity Watch
 
A partir desta semana, o Integrity Watch aumenta o escrutínio do trabalho dos eurodeputados no Parlamento Europeu, ao permitir um acompanhamento das reuniões com lóbistas.
 
A ferramenta permite separar as reuniões por grupo político, país e comité, contém todas as reuniões publicadas entre julho de 2019 e 19 de junho de 2020 e será atualizada a cada duas semanas.
 
 
Ler mais
 
Marca na agenda
UN High-Level Political Forum on Sustainable Development 2020
 
A Transparência e Integridade marca presença, no dia 7 de julho, no High-Level Political Forum das Nações Unidas 2020 através da participação no evento 5 years into the Agenda 2030: Best Practices and Lessons Learned from Spotlight Reports, dinamizado pela Transparency International (TI).
 
Liga-te
O que ver na quarentena
Serpico (1973)
 
Frank Serpico entrou para a história na Polícia de Nova Iorque, ao tornar-se no primeiro polícia a denunciar a malha de corrupção nas forças policiais, que incluía o pagamento de subornos a muitos agentes.
 
 Vê estas e outras sugestões no nosso website.
Acompanha o nosso trabalho
Vistos Gold
 
Sabe mais
 
APROFORT
 
Sabe mais
 
Transparência Hotspot
 
Sabe mais
 
Centro de Documentação e Informação Transparente
 
Sabe mais
 
 
Transparência e Integridade
Transparency International Portugal
Avenida Rio de Janeiro, 30-A, Piso 1 - 1700-336 Lisboa - PORTUGAL
Tel. +351 218873412 (Geral/ Office)

comunicacao@transparencia.pt
Facebook
Twitter
LinkedIn
Instagram
YouTube
 
 
TI-PT
 
 
 
This email was sent to
You received this email because you are registered with TI-PT
 
 
 
© 2020 TI-PT