Lançámos hoje mesmo a versão online do nosso Transparente – Centro de Documentação e Informação sobre Transparência, Boa Governança e Democracia, a funcionar na Biblioteca Manoel Chaves Caminha, em Lisboa, desde o início deste ano.

Este novo espaço virtual, essencial para reforço da missão da TI-PT, foi criado com o objetivo de apoiar a construção da cidadania através da aprendizagem e discussão crítica sobre as diferentes questões que animam a consolidação de uma sociedade mais justa e mais igual, dando seguimento ao trabalho de aproximação a novos públicos já desenvolvido no âmbito do Festival Transparente.
 
Acompanhe a atividade do centro e contribua para o nosso acervo.

Também nos últimos dias demos início às atividades de comunicação do APROFORT - Apoio, Proteção e Fortalecimento de Ativistas e Organizações da Sociedade Civil no seu trabalho para promover os Direitos Humanos na Guiné Equatorial, um novo projeto que conta com o apoio financeiro da União Europeia, através do programa EuropeAid, e que esperamos venha a ter um impacto significativo no desenvolvimento deste país, ajudando a destacar o trabalho que está a ser empreendido nas áreas dos Direitos Humanos e da Boa Governança resultantes dos compromissos assumidos perante a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), as medidas em vigor negociadas entre o Governo da Guiné Equatorial e o Fundo Monetário Internacional (FMI) sobre Boa Governança ou a Iniciativa para a Transparência dos Recursos Naturais (EITI).

Entretanto, o Grupo de Estados contra a Corrupção (GRECO) publicou, na semana passada, o seu relatório anual, recuperando os últimos dados da 4.ª ronda de avaliação referentes aos riscos de corrupção de deputados, juízes e procuradores, e os resultados não são animadores: Portugal está numa lista de 15 países com baixo nível de cumprimento das recomendações anticorrupção. Os dados agora revelados são idênticos aos que foram divulgados em junho do ano passado, o que só vem confirmar a falta de iniciativa e vontade política em Portugal para um verdadeiro combate à corrupção.

Governo e Parlamento tardam em implementar as recomendações internacionais em matéria de prevenção e luta contra a corrupção. Recorde-se que Portugal recebeu, no início deste ano, um puxão de orelhas de Bruxelas, depois de te ter falhado o prazo para transpor a quinta diretiva europeia de combate ao branqueamento de capitais e ao financiamento do terrorismo.

Falta ao nosso país uma verdadeira Estratégia Nacional Contra a Corrupção e, por isso, os resultados do último Eurobarómetro sobre Corrupção, publicados a 10 de junho, continuem a assinalar que a esmagadora maioria dos portugueses (94%) considera que a corrupção está disseminada no paísEste inquérito, realizado em dezembro de 2019, é claro sobre a desconfiança generalizada relativamente às instituições e decisores públicos, dando ainda mais propriedade à ação da TI-PT, de dinamizar a petição Juntos Contra a Corrupção.
 
Os primeiros passos começaram já a ser dados, depois de a Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias ter aprovado, no dia 20 de maio, o relatório feito pelo Parlamento à nossa petição, último passo antes que a vontade dos cidadãos seja levada ao plenário.

No âmbito da nossa Campanha Jogo Limpo, damos a conhecer o novo Guia de Integridade Desportiva, desenvolvido pelo Comité Olímpico de Portugal. Este documento compila um manual de recursos, instrumentos pedagógicos, informações práticas, recomendações e princípios orientadores na proteção da manipulação de competições desportivas (Match-Fixing).

Lá fora, o caso Luanda Leaks continua a mexer. Em maio, a polícia alemã fez buscas à sede de um banco estatal de exportação da Alemanha.

A polícia federal alemã apreendeu vários documentos do KfW-Ipex-Bank, uma subsidiária do Kreditanstalt für Wiederaufbau (KfW), depois de ter recebido denúncias de que funcionários do banco se apropriaram de fundos públicos, ao conceder um empréstimo de cerca de 50 milhões de euros à Sodiba – Sociedade de Distribuição de Bebidas de Angola, detida por Isabel dos Santos.
 
Continue saudável, mantendo-se seguro/a, e tenha um bom fim-de-semana.

Saudações Transparentes,

A Equipa TI-PT
 
 
 
Novo Centro de Documentação e Informação sobre Transparência, Boa Governança e Democracia
 
Lançámos hoje online o Transparente – Centro de Documentação e Informação sobre Transparência, Boa Governança e Democracia, a funcionar na Biblioteca Manoel Chaves Caminha, em Lisboa, desde o início deste ano.
 
Esta nova valência, essencial para reforço da missão da TI-PT, conta com o apoio não financeiro da Junta Freguesia de Alvalade, que acolhe o centro no 1.º andar do edifício sito no n.º 30-A da Avenida Rio de Janeiro.
 
Lê mais sobre o Transparente
 
 
 
Eurobarómetro sobre Corrupção
 
Uma análise aos resultados do Eurobarómetro sobre Corrupção, publicado a 10 de junho, revela que a esmagadora maioria dos portugueses (94%) considera que a corrupção está disseminada no país.
 
Este inquérito, realizado em dezembro de 2019, é claro sobre a desconfiança generalizada relativamente às instituições e decisores públicos.
 
Lê o relatório
 
 
 
GRECO urges public authorities to be exemplary and transparent: new report by Council of Europe’s anti-corruption body
 
 
Ler mais
 
 
 
German police seize bank records in Luanda Leaks brewery probe
 
A polícia federal alemã apreendeu vários documentos do KfW-Ipex-Bank, uma subsidiária do Kreditanstalt für Wiederaufbau (KfW), depois de ter recebido denúncias de que funcionários do banco se apropriaram de fundos públicos, ao conceder um empréstimo de cerca de 50 milhões de euros à Sodiba – Sociedade de Distribuição de Bebidas de Angola, detida por Isabel dos Santos.
 
Ler mais
 
Guia de Integridade Desportiva
 
Elaborado pelo Comité Olímpico de Portugal, trata-se de um manual de recursos, instrumentos pedagógicos, informações práticas, recomendações e princípios orientadores na proteção da manipulação de competições desportivas (Match-Fixing).
 
Conheça a nossa campanha Jogo Limpo.
 
Consultar
 
 
EUROPOL Launches New Unit to Address Crime Related to COVID-19
 
 
Ler mais
 
Commission anti-money laundering action plan lacks bite, according to Transparency International EU
 
 
Ler
 
O que ver durante a quarentena
Ozark
 
Ozark conta a história de um consultor financeiro de Chicago que se refugia, juntamente com a família, no Lago dos Ozarks, no interior rural dos Estados Unidos, para escapar ao segundo maior cartel de droga do México. Depois de ter passado vários anos a lavar dinheiro para a organização, os mexicanos descobrem que o parceiro de Marty Bryde andou a roubar dinheiro e obrigam-no a lavar mais de 8 milhões de dólares.
 
Veja estas e outras sugestões no nosso website.
 
Ver
Transparente: Centro de Documentação
e Informação
Contratação Transparente
 
Sabe mais
 
Transparência Hotspot
Contratação Transparente
 
Sabe mais
 
Jogo Limpo
Contratação Transparente
 
Sabe mais
 
 
Transparência e Integridade
Transparency International Portugal
Avenida Rio de Janeiro, 30-A, Piso 1 - 1700-336 Lisboa - PORTUGAL
Tel. +351 218873412 (Geral/ Office)

comunicacao@transparencia.pt
Facebook
Twitter
LinkedIn
Instagram
YouTube
 
 
TI-PT
 
 
 
This email was sent to
You received this email because you are registered with TI-PT
 
 
 
© 2020 TI-PT